condominio_luxo_leiria

Antiga moagem dá lugar a condomínio de luxo em Leiria

Cerca de 18 milhões de euros é quanto o empresário Armando Lopes pretende investir na recuperação da antiga moagem. Será criado um condomínio de luxo, com 30 apartamentos e 11 lojas.

O “sonho”, como Armando Lopes – empresário de Ourém radicado em França há mais de 50 anos -, se refere ao projecto de recuperação do edifício da antiga Companhia Leiriense de Moagem, está agora mais perto da realidade. Uma década depois de o empresário ter adquirido o imóvel e após ultrapassadas “tantas dificuldades”, as obras de requalificação do edifício já começaram e deverão ficar concluídas até ao final de 2016.

Em causa está um investimento na ordem dos 18 milhões de euros, para transformar o imóvel – que já serviu de convento, de prisão e de moagem – num condomínio de luxo, com 30 apartamentos e 11 lojas de “alta qualidade”, como fez questão de frisar o comendador Armando Lopes, numa conferência de imprensa, realizada na terça-feira, para falar do projecto que será apresentado publicamente no próximo dia 28 de Outubro de 2015.

“É um investimento importantíssimo. Não para ganhar dinheiro, mas para realizar o meu sonho e dos leirienses de recuperar este monumento histórico da cidade”, afirmou o empresário, que já tem outros investimentos em Leiria, nomeadamente o Edifício 2000, localizado ao lado da moagem e que Armando Lopes acredita que sairá beneficiado com o novo projecto. Mas, mais importante do que isso, é o “enriquecimento” que a recuperação da moagem representará para Leiria, diz o empresário. E acrescenta: “Não é preciso fazer uma sondagem, para perceber que os leirienses se sentirão orgulhosos da recuperação deste monumento. Faço-o, não por dinheiro, mas por uma questão cultural”. Fonte: Jornal de Leiria